O Processo Aduaneiro

DHL Express e Alfândegas – Trabalhando Juntos pela sua Entrega

Alfândega – uma palavra simples – mas como definir essa palavra em relação aos nossos negócios? Veja como a DHL Express se ajusta a esse grande cenário de regulamentações aduaneiras para que suas encomendas sejam libertas para entrega no destino final.
  • Antes de tudo, a Alfândega nada mais é do que uma autoridade ou agência a nível nacional cuja responsabilidade principal é não apenas a cobrança, mas também a salvaguarda das taxas aduaneiras.
  • A gestão das taxas aduaneiras é essencial para o controle da entrada e saída de produtos no país. Portanto, o processo alfandegário começa em um país de origem e termina no país de destino.
  • A DHL Express administra todas as questões por parte da autoridade aduaneira para seu benefício. Tão logo seus produtos sejam liberados, organizamos seu trânsito antes da entrega no destino final.
  • Existem poucas exceções locais em todo o mundo. Por essa razão, o custo básico do desembaraço na alfândega pode normalmente ser incluído nos encargos de transporte porta-a-porta.
  • Processar milhões de declarações aduaneiras não é tarefa fácil. A DHL Express faz isso todo dia para seus clientes, atuando como um corretor em seu benefício.
  • Através dos serviços locais que apresentamos aos clientes em todo o mundo, somos hoje um dos maiores corretores aduaneiros do mundo. Por exercermos esse papel, temos de garantir que seus trâmites alfandegários sejam sempre relevantes e precisos.
  • Após verificação completa, as informações do seu envio são entregues à autoridade aduaneira que trabalha connosco para acelerar a autorização de saída e fazer com que os seus produtos sejam entregues de forma rápida e eficiente.
  • A DHL Express valida os documentos e informações de todo e qualquer envio. Os envios não serão libertos pela alfândega a menos que a documentação esteja completa e corretamente preenchida.
  • Certos produtos enviados pela DHL Express são considerados mercadorias, e recebem códigos denominados “códigos pautais”. Essa classificação aplica-se a qualquer mercadoria enviada e o código constitui uma regulamentação aduaneira predefinida.
  • O código pautal é uma informação fundamental para o momento em que os produtos são submetidos à autoridade aduaneira.
  • Dependendo da legislação e regulamentos locais, a importação ou exportação de determinados produtos pode estar sujeita a restrições ou proibições.
  • A autoridade aduaneira tem plenos poderes para fazer valer estas regras. Além disso, toda e qualquer autoridade aduaneira local possui poderes para estabelecer encargos próprios de importação e exportação dependendo do tipo de mercadoria por ela processada.
Back to Top